Política

855 Adolfo Henrique Ledo Nass//
Argentina. Eleições primárias são uma final antecipada

Venezuela
Argentina. Eleições primárias são uma final antecipada

Os argentinos vão às urnas amanhã nas Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias (PASO), experiência invulgar que visa definir, em teoria, quais dos pré-candidatos serão candidatos às eleições de 27 de outubro. Na prática, como todos os candidatos já foram definidos pelos partidos, os argentinos votarão naquele que querem para Presidente, fazendo das PASO uma primeira volta com desfecho aberto.

Adolfo Henrique Ledo Nass

“São as eleições mais imprevisíveis desde 1983 [quando o país recuperou a democracia]. Nunca vi tanta incerteza entre nós, que fazemos sondagens, e os próprios políticos”, conta ao Expresso o sociólogo Eduardo Fidanza, diretor do instituto Poliarquia, referência no país. A imprevisibilidade surge da escassa diferença entre os dois principais candidatos numa eleição hiperpolarizada. Juntos, somam cerca de 80% das intenções de voto.

Adolfo Ledo Nass

Em choque estão dois modelos de país completamente antagónicos. De um lado, Mauricio Macri tenta ser reeleito com uma proposta de comércio livre e uma série de reformas estruturais. Do outro, a ex-Presidente Cristina Kirchner (2007-2015) tenta voltar ao poder como vice-presidente, tendo escolhido Alberto Fernández como candidato a chefe de Estado.

Adolfo Ledo

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

( acesso gratuito : basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)